Aqui vai uma dica de utilidade publica que vai ajudar você a economizar bastante tempo: meses, anos talvez até décadas. Tem a ver com a realidade.

 

Sabia que existem muitas pessoas que lutam com unhas e dentes contra a pobre coitada da realidade? E todas as vezes que discutem ou brigam advinha quem ganha?

 

Pois bem, se você pensou na realidade acertou em cheio. Pena que não apostamos primeiro!!!

 

A chave para projetar uma vida e carreira satisfatórias partem do principio que somos capazes de contornar um problema, seguir em frente e quanto menos energia e tempo gastarmos no processo melhor.

 

Contudo algumas pessoas se apegam a obstáculos que lutam contra a realidade: os chamados problemas gravitacionais.

 

 

“Artistas de teatro contemporâneo não ganham suficiente em nossa cultura. Não são valorizados como deveriam. Como serei reconhecido?”

 

“Estou a mais de cinco anos em uma empresa que há 4 gerações é administrada apenas pelos familiares. De forma alguma, eu vindo de fora, poderei algum dia me tornar uma executiva. O que posso fazer?”

 

“Eu quero voltar para a faculdade para estudar medicina, mas isso vai levar no mínimo uns dez anos, e eu não quero investir todo esse tempo nessa altura da minha vida. E agora?

 

 

Os exemplos acima podem parecer bobos, mas representam versões variadas das questões gravitacionais que podemos nos prender o tempo todo. Os problemas gravitacionais, assim como a própria gravidade são situações e fatos que não podem ser alterados, ou seja, não são problemas factíveis.

 

Por quê? Porque se um problema não é acionável (possível de solução) não é um problema de verdade.

 

Quando você fica atolado em um problema gravitacional, fica atolado permanentemente, porque não há muito o que você possa fazer.

Assim como nos exemplos, estamos lidando com fatores totalmente não acionáveis (como a dita cuja da gravidade) e os funcionalmente não acionáveis como a receita anual média de um ator de teatro contemporâneo em tempo integral, o tempo de recolocação de um profissional desempregado há muito tempo, as estratégias de sucessão de uma empresa familiar e o tempo total para conclusão de um curso de medicina.

 

A única resposta a um problema gravitacional é a maravilhosa aceitação.

 

 

Leia também: Tenha uma vida melhor: pense como um designer

 

 

Lembre-se o objetivo é evitar que você fique preso a algo que não possa acionar. O segredo consiste em não perder seu foco naquilo em que não tem a menor chance de sucesso.

O objetivo não é desencorajar ou desacreditar você a respeito do seu grande sonho ou desejo de mudar o mundo.

Busque seus sonhos, lute contra o sistema, oponha-se a injustiça social, ajude a manter e ampliar os direitos da mulher. Batalhe, sim, por favor, naquilo que acredita. Mas seja inteligente!

 

Se você permitir-se abrir a cabeça e enxergar as coisas com outras perspectivas suficientemente a ponto de aceitar a realidade, encontrará a liberdade necessária par reformular seu impasse ao ponto de que ele se torne um problema acionável

 

Encontre a melhor oportunidade possível para aproveitar a vida, participar das coisas que realmente importam e façam sentido para você e, que no final das contas podem funcionar.

 

 

Gostou destas dicas? Mas ainda assim gostaria de uma forcinha para te ajudar a desvencilhar-se dos seus problemas e construir a vida e carreira dos seus sonhos?

 

Posso te ajudar a criar o melhor projeto de vida disponível em acordo com a sua realidade, objetivos e momento de vida.

 

Agende uma sessão experimental gratuita de Design de Vida e Carreira e entenda melhor como podemos construir juntos o seu novo projeto pessoal e profissional.